A Expoidea


A Feira do Futuro
é um evento de abrangência nacional que articula Ideias entre a  Tecnologia, a Sustentabilidade e a Cultura. A Expoidea acontece no Recife e promove o diálogo e a interação entre gestores públicos, a iniciativa privada, a academia e pessoas de reconhecido saber nos três pilares e nas suas intersecções. Imersa em um ambiente inovador e criativo, a Expoidea proporciona uma agenda positiva para o País, a Região Nordeste, e sobretudo para Pernambuco.

A iniciativa se concretiza por meio de oficinas, palestras, debates, rodas de diálogo, “espaços vitrines”, apresentações de projetos e iniciativas inovadoras, divulgação de tecnologias sociais e ações que promovam o networking e a interação entre os participantes.

EXPOIDEA 2013

Em tudo que habito

Com o objetivo de fomentar o pensamento crítico, a Expoidea 2013 sela parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) para promover, na sua terceira edição, um profundo debate a respeito da relação do sujeito com o espaço urbano na contemporaneidade.

Sob o tema “Em tudo que habito”, o evento, que acontece de 18 a 23 de outubro, na UFPE e no Centro Cultural dos Correios, celebra sua aproximação com o ambiente acadêmico ao trazer para o Recife grandes pensadores contemporâneos, a exemplo do filósofo francês Gilles Lipovetsky e do antropólogo argentino Néstor Garcia Canclini.

Realizada pela Cia. de Eventos e a Ideação, a Expoidea 2013 tem co-realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social (Sdec).

Eixos temáticos que norteiam a Expoidea 2013

Esteja aqui agora

Usar o Foursquare para fazer “check-in” no restaurante da moda, confirmar pelo Facebook que estará numa festa com os amigos ou numa manifestação pública… A presença, em tempos de dupla habitação, deixou de ser uma questão apenas física. É também uma atitude política e uma oportunidade de empreender novos negócios.

Consumidores e/ou cidadãos

O espaço público se tornou o foco da discussão contemporânea nas principais metrópoles. Como consumir a cidade de forma consciente? Ou melhor: como “habitar” o consumo que a vida nas cidades exige?

Afetos privados em espaços públicos

Habitar e consumir são verbos que exigem complemento, que não se resolvem por si só. Precisam de atenção e cuidado. A relação conflituosa do homem com as cidades tem de ser mediada por uma reapropriação afetiva do território; o espaço público é o espelho do cidadão. As principais capitais brasileiras vivem um momento de reestruturação por conta do mundial de futebol de 2014. Mas a Copa é só um dos álibis necessários para que as cidades voltem a se enxergar.

RETROSPECTO – EXPOIDEA 2012 e 2010

A segunda edição da Expoidea aconteceu entre os dias 08 e 13 de Maio de 2012, no Paço Alfândega, Bairro do Recife, com mais de 600m² de área expositiva. O evento atende a todas as faixas etárias e cria um ambiente inclusivo e colaborativo.

Os atores participantes contribuem por sua interação nos temas de sustentabilidade, cultura e tecnologia, cada um por sua atuação estratégica no respectivo setor e sua sinergia com a inovação.

A primeira edição aconteceu em novembro de 2010, articulou empresas privadas e firmou importantes parcerias com o poder público Municipal, Estadual e Federal. Apresentou projetos institucionais do Estado e integrou centros de pesquisa, instituições de ensino e organizações do terceiro setor, com atividades direcionadas para oportunidades do mercado de trabalho, convergindo diretamente para a sociedade civil.

A Expoidea 2010 mobilizou mais de 48 mil pessoas durante os nove dias de ação. Dentre as ações promovidas estavam a Produtora Cultural Colaborativa, Festival de Tecnologias em Economia Solidária, as Rodadas de Negócios e a Feira Expositiva.

Os pilares da Expoidea