Principais candidatos para 2022

Embora a lista de pré-candidatos para presidência seja extensa, além de outros que irão surgir, poucos nomes vão ser viabilizados. Tudo dependerá da rede de apoio de cada um. E quais serão os principais candidatos para 2022? Separamos uma lista com os pré-candidatos para o decorrer deste artigo.

Pré-candidatos a presidência

  • Renato Casagrande do PSB, governador do ES, foi confirmado pelo partido como pré-candidato a presidente em 2022. Ele é socialista e é um dos participantes da extensa lista para presidência;

  • Ciro Gomes do PDT ficou em terceiro lugar nas últimas eleições. Poderá ser um grande candidato para que ocorra a derrota de Bolsonaro, atual presidente. Ele está tentando atrair apoios. Entretanto, existem dificuldades para que aconteça por não conseguir se entender com os partidos;

  • Eduardo Leite do PSDB, atual governador do RS, será um possível candidato. O que já tem feito é ir contra o Bolsonaro em função da Covid-19. Entretanto, disputará com João Doria, governador de SP, pelo partido, para então ser decidido qual dos dois será o pré-candidato;

  • Fernando Haddad do PT foi derrotado pelo atual presidente no segundo turno, até então ele era apontado como possível pré-candidato. Isso antes de as condenações de Lula serem anuladas;

  • João Doria do PSDB, governador de SP, foi ponderado como um grande crítico ao governo Bolsonaro após as eleições de 2018. Conflitos que ficaram mais intensos após a pandemia, além de que Dória é o principal adversário do chefe do Executivo Federal.

Voto: Principais candidatos para 2022

  • Jair Bolsonaro sem partido, atual presidente da república ainda não se manifestou referente às eleições de 2022, mas tudo indica que ele pretende se candidatar à reeleição.

Embora muito criticado com a gestão na pandemia, tem uma base de eleitores fiéis que quase impossivelmente iriam abandoná-lo nas eleições. Ele é visto como um dos principais candidatos para 2022, já que tem grandes possibilidades eleitorais. Bolsonaro foi eleito pelo partido PSL em 2018, mas saiu com a intenção de criar seu próprio partido. Projeto que ainda não saiu do papel.

  • Lula do PT, ex-presidente da República até então estava impedido de disputar eleições, barrado pela lei ficha limpa, quando foi investigado por crimes da operação Lava Jato. Todavia, o ministro do Supremo Tribunal anulou todas as condenações ao petista.

Agora, Lula poderá se candidatar a pré-candidato da presidência e é considerado um dos principais candidatos de 2022, já tendo uma grande visibilidade por parte da mídia e por uma parcela da população brasileira.